Plano de Saúde

Como funciona a coparticipação em planos de saúde empresariais?

Escrito por RockContent

Muitos empresários ainda se perguntam se há alguma vantagem em dar benefícios aos seus funcionários. E a resposta é bastante simples: sim, existem muitas vantagens.

Além de serem pontos de atração, os benefícios retêm talentos e diminuem o grau de rotatividade, por isso as empresas precisam cada vez mais saber usar os benefícios de forma inteligente e competitiva.

Entre os benefícios mais importantes está o plano de saúde. Contudo, oferecer essa vantagem para toda a equipe pode ser bem complicado pelo alto custo dos planos tradicionais. Entretanto, existe uma alternativa mais acessível e mais barata: a coparticipação em planos de saúde empresariais.

Se você está pensando em oferecer um plano de saúde para os seus funcionários e ainda não conhece essa modalidade, acompanhe este post e descubra que ela pode ser a melhor alternativa para a sua empresa.

Coparticipação em planos de saúde empresariais

A coparticipação oferece as mesmas coberturas que os planos tradicionais. Contudo, nessa modalidade de plano de saúde, além da mensalidade normal o funcionário paga um percentual ou valor pré-fixado para cada consulta, exame ou algum outro procedimento.

Esse percentual é definido em contrato e varia entre as operadoras que seguem as normas da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a qual estabelece a proibição de cobrar o valor total de cada procedimento ou um valor alto demais, o que dificultaria o acesso do usuário ao tratamento necessário.

A ANS também estabelece que, para internações hospitalares, os valores devem ser fixos e nunca em percentuais. Esses valores somente podem ser ajustados conforme cláusula contratual.

Para melhor compreensão, vamos ilustrar um exemplo prático.

Suponha que a sua empresa ofereça aos seus funcionários o plano de saúde com coparticipação. Quando um colaborador precisar realizar uma consulta, será atendido normalmente, e o próximo pagamento da mensalidade virá acrescido do percentual referente a ela. Se o valor da consulta for de R$ 100,00 e a coparticipação do funcionário de 25%, por exemplo, além da mensalidade ele vai pagar R$ 25,00 a mais.

Vantagens da coparticipação em planos de saúde empresariais

Entre as vantagens da coparticipação, a mais importante é o baixo custo das mensalidades. Uma vez que é paga uma taxa por procedimento, a mensalidade fica mais econômica e acessível para todos os funcionários.

Outro ponto importante é a redução do absenteísmo (faltas). Como terá de pagar um percentual a cada procedimento, o funcionário fará uso mais consciente e responsável do plano de saúde, usando só quando necessário.

Aquele funcionário que gosta de ir ao médico só para pegar atestado vai pensar duas vezes se tiver que pagar do próprio bolso R$ 25,00 por consulta.

Note que a operadora não faz a cobrança diretamente. Ela passa um relatório mensal de coparticipação para a empresa, que fica responsável por descontar de cada funcionário na folha de pagamento.

Para as empresas, sem dúvida a redução de custos é mais atrativa, pois é bem provável que o plano de saúde seja um dos benefícios mais caros a serem oferecidos para os funcionários. A coparticipação faz o plano de saúde ficar mais barato para a companhia, em torno de 10% a 15%.

Ao oferecer um plano de saúde com coparticipação, a empresa está promovendo um ótimo custo-benefício, apresentando um diferencial que agrega valor, ao mesmo tempo em que reduz consideravelmente os custos.

Por apresentar essas vantagens é que muitas empresas têm optado por essa modalidade de plano de saúde para beneficiar e cuidar de seus colaboradores, e estão fazendo isso por meio de corretoras especializadas que, além de ajudar na escolha dos melhores planos, ainda prestam um atendimento rápido e eficiente.

Gostou de saber como funciona a coparticipação em planos de saúde empresariais? Quer ofertar o melhor plano de saúde com menor custo para a sua empresa e maior valor para os seus colaboradores? Fale com um consultor da Trijam Seguros agora mesmo!

Sobre o autor

RockContent

Deixar comentário.